10.0

Situado no belo Parque Natural da Serra de São Mamede, em plena região Alentejana, o Castelo de Alegrete está classificado desde 1946 como Monumento Nacional.

Monumento de grande importância estratégica dada a boa localização geográfica e a proximidade com a fronteira Espanhola, Alegrete e o seu Castelo apresentam uma antiga e rica história.

Este é um lugar de antiga ocupação humana, ocupado por vários povos, tendo sido reconquistado pelo primeiro rei Português, D. Afonso Henriques, possivelmente por volta de 1160.
De facto, a construção original da estrutura poderá datar da época dos Lusitanos, tendo por aqui passado Romanos, Vândalos, Alanos e Mouros, em períodos conturbados, pelo que a estrutura terá sido constantemente alterada.

Desde a reconquista Cristã por parte de D. Afonso Henriques que o Castelo de Alegrete esteve em domínio Português, excepto em 1475, no reinado de D. Afonso V (1438-1481), quando foi ocupado pelas forças Castelhanas, tendo sofrido posteriormente com a Guerra das Laranjas (1801), apresentando-se então já em estado de declínio.

O Castelo de Alegrete apresenta uma planta rectangular irregular, num estilo gótico. A muralha apresenta entrada dupla com dois torreões de planta semicircular, compreendendo igualmente uma Torre de menagem e uma cisterna, entre outras estruturas, que embora tenham sofrido alguns restauros a partir do século XX, não conseguiram travar por completo o estado de abandono do monumento até então.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!