7.8

Freixo de Espada à Cinta, já existia no reinado de D. Afonso Henriques, uma vez que lhe atribuiu foral, por volta de 1150, podendo, o castelo, ser dessa época. Referências mais certas, aparecem no reinado de D. Afonso III, que procedeu ao reforço das suas defesas, em 1273.

 

Ao rei D. Dinis é atribuída a construção da torre, que ainda caracteriza esta fortificação objecto de diversas obras ao longo dos séculos, mas no século XIX, para além de no seu interior passar a funcionar o cemitério, procedeu-se à demolição de uma boa parte das muralhas.

 

Deste castelo medieval resta a torre heptagonal que os habitantes designam, torre do galo ou torre do relógio e alguns restos das muralhas.

 

A origem do nome, Freixo de Espada à Cinta, está ligado a diversas histórias, uma das mais vulgarizadas, conta que um cavaleiro cristão, para se esconder de perseguidores, terá subido para um freixo, pendurando a espada no seu tronco, os perseguidores ao depararem com um freixo com espada, tiveram medo e fugiram, dando este episódio o nome ao lugar.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!