9.8

Rio Maior, sede de concelho, é uma importante região agrícola e industrial, onde a paisagem se divide em realidades distintas: pinhais e eucaliptais, típicas planícies ribatejanas no Sul e a Serra de Candeeiros no extremo norte, sendo mesmo a Sede do Parque Natural de Serra de Aires e Candeeiros localizada nesta cidade.
Com vestígios de ocupação humana desde tempos remotos, Rio Maior tem uma forte história que corre séculos, como é exemplo a orgulhosa Igreja da Misericórdia, do século XVI, e a Matriz, do século XVII, ou a curiosa Igreja Matriz da aldeia das Alcobertas, construída entre os séculos XIV e XVIII, com um dólmen megalítico adossado, aproveitado para capela lateral.
As Marinhas de Sal de Rio Maior são outro património tão antigo e importante da região.
De relevo são as muitas casas senhoriais da região, que demonstram a importância de Rio Maior ao longo do tempo, enaltecendo a beleza desta região com uma arquitectura nobre. Quintas, arquitectura rural e pequenas indústrias andam igualmente de mãos dadas por estes domínios.
Em termos de gastronomia, a região de Rio Maior tem também muito para oferecer, destacando-se o seu Bife de novilho, a Galinha com nozes e o famoso Pão-de-ló para sobremesa, regados com reconhecidos vinhos de qualidade regional.

Comentários

Já pensou onde quer ir na próxima viagem?.
Encontre aqui o Alojamento ideal para si!